• Writer's Room 51

Criadores de "Game of Thrones" confessam que não sabiam o que estavam fazendo

Atualizado: 17 de Nov de 2019

Em um painel no Austin Film Festival, David Benioff e D.B. Weiss ressaltam sua inexperiência e problemas de roteiro durante a construção da adaptação da HBO

Imagem: HBO

A consagrada série Game of Thrones, uma das queridinhas da HBO, conquistou o coração de milhares de fãs pelo mundo. Essa história de amor e encanto entre público e série, porém, teve um final trágico na última temporada.


Entre muita controvérsia a respeito da condução e episódios insuficientes para encerrar a trama, uma petição online chegou a concentrar mais de 1,75 milhões de assinaturas para que a última temporada fosse refeita por "roteiristas competentes".

Para completar essa narrativa, David Benioff e D.B. Weiss, showrunners da série televisiva, compareceram ao Austin Film Festival e dividiram com fãs novas informações sobre todos os perrengues que passaram da criação às gravações.


A cruzada de problemas de David Benioff e D.B. Weiss

David Benioff e D.B. Weiss - Imagem: reprodução

No último sábado (26/10/2019), os fãs de Game of Thrones tivera uma oportunidade única de questionar os criadores da série acerca de algumas decisões. Em troca, Benioff e Weiss abriram o coração e expuseram problemas que não imaginávamos.


Para a alegria de quem não conseguiu comparecer ao evento, o usuário do Twitter @ForArya compartilhou na rede social momentos-chave do painel. As informações foram confirmadas posterioremente por outras fontes.


Para justificar algumas falhas, Weiss afirmou que Game of Thrones foi basicamente a sua "escola de cinema", uma vez que a dupla havia pouca experiência com produções audiovisuais (ainda mais televisivas e multimilionárias).


Em outro momento, ambos admitiram que foram conhecer melhor os personagens apenas 2 meses antes do piloto ir ao ar. "Em cada cena estávamos a 3 falas de distância de fazer um 'Monty Python e o Cálice Sagrado' (1975)", comenta Weiss.


Em uma das afirmações mais polêmicas, os showrunners explicam a razão que os levou a diminuir drasticamente os elementos fantásticos provenientes da série de livros. De acordo com os roteiristas, eles "não queriam apenas alcançar esse tipo de fã".


"Dan queria remover ao máximo os elementos de fantasia porque "nós não queríamos apenas alcançar esse tipo de fã". Eles queriam expandir a base de fãs para pessoas além dos fãs de fantasia, para "mães, atletas da NFL..."

Em outro momento do painel, a dupla ainda descreveu uma reunião que tiveram com George R. R. Martin, onde o autor teria questionado suas intenções sinceras em relação à adaptação. "Nós não tínhamos nenhuma", responde David, que completa: "Nós não sabemos porque ele confiou a nós a obra da sua vida".



Esta foi apenas mais uma das manchetes com o nome dos dois roteiristas, que em pouco tempo anunciaram contrato com a Netflix para uma série original e abandonaram a condução criativa da saga Star Wars.


Assine o Amazon Prime por apenas R$ 9,90 ao mês.


#TV #série #GameofThrones #HBO



439 visualizações

Writer's Room 51 é uma vitrine online de projetos audiovisuais autorais.

Newsroom 51 é um portal afiliado de artigos sobre cinema, TV e streaming.

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn