google-site-verification=-Vw97frlPatSJg0ryKCuJ0vKAYHw3mR4lx8_MQJ6OGQ
top of page

CRIAÇÃO

Conheça os profissionais por trás do Writer's Room 51 e Newsroom 51.

Assinamos o desenvolvimento de nossos projetos em conjunto.

JessicaGonzatto.jpg

Formada em Realização Audiovisual, Jessica Gonzatto é roteirista, diretora, autora e co-fundadora do Writer's Room 51. Foi Assistente de desenvolvimento & roteiro na Clube Filmes (SP), é roteirista na Trupe Filmes (SP), cursa Pós-graduação em Teoria Psicanalítica no Instituto Esfera e Film and TV Industry Essentials na NYU Tisch School of Arts (2023). 

 

Seu primeiro curta-metragem, Coágulo, foi vencedor do prêmio de Melhor Curta do 1º FUCCA de Sergipe (2019) e passou por festivais como o 29º Curta KINOFORUM (SP, 2018), o 46º Festival de Gramado (2018), o Pinewood Studios First-Time Filmmaker Sessions (UK, 2019), entre outros. Em 2018, seu projeto de curta-metragem de suspense Carcaça foi contemplado com o prêmio principal do MetroLab em Curitiba.

 

Em 2020, As Dores do Parto, seu terceiro roteiro de curta-metragem, foi premiado com o 1º Prêmio Machado DarkSide na categoria 'Outras Narrativas'. A versão longa desse projeto participa do TorinoFilmLab NEXT Feature Film 2023 e do Encontro de Coprodução do Mercosul (ECM+LAB), do Festival Internacional de Cinema Florianópolis Audiovisual Mercosul - FAM, além de ter sido semifinalista do laboratório La Fabrique - Les cinémas du monde 2024 (França).

Foi convidada a participar da antologia de contos de terror Terrores Latinos, da Editora Luva, e a participar do 10º e 11º FRAPA apresentando o workshop "Cena Aberta", junto de outros roteiristas. Em 2023, foi selecionada para a antologia de terror "Escritos da Escuridão" (Obook) e, junto de Kristel Kardeal, roteirizou o curta Te Espero às Quatro, vencedor de Melhor Filme e mais 4 prêmios no 48h Film Project. O curta participou do Filmapalooza em Lisboa (2024). É co-autora de "A Personagem além das Fórmulas" (ebook, 2022).

 

Já foi redatora publicitária, social media, consultora e criou  projetos audiovisuais com diversos parceiros, além de desenvolver séries na Sentimental Filme (SP). Trabalha eventualmente com tradução, branded content e roteirização institucional, já tendo escrito para empresas como Globo, SBT, Mattel, Pinacoteca de São Paulo, SIMABESP e outras. 

Writer's Room 51: Guilherme Soares Zanella, roteirista

Nascido em Porto Alegre, Guilherme Soares Zanella é roteirista formado em Realização Audiovisual, bem como co-fundador do Writer's Room 51. Com mais de 10 anos de experiência no mercado, desenvolve e assina roteiros finalizados e em desenvolvimento para Cinema, TV e Web.

 

Já foi repórter e redator da Revista CULT entre 2011 e 2012. No cinema, assina o roteiro do projeto Cidades Fantasmas, longa-metragem documental produzido pela Galo de Briga Filmes em coprodução com Casa de Cinema de Porto Alegre, Globo Filmes e GloboNews, vencedor dos prêmios de Melhor Longa-Metragem Brasileiro no 22º Festival É Tudo Verdade (2017) e Melhor Documentário no Festival Agenda Brasil (2018), em Milão. Na TV, foi responsável por desenvolver as séries Desconectados (SundayTV, Canal Sony Brasil, 2011), Banquete: Experiências Gastronômicas (Band/RS, 2015), Cidades Fantasmas - a série (Canal Brasil, 2018) e Banalidade do Mal (Prime Box Brazil, 2021).

 

Guilherme também foi roteirista integrante do Núcleo Criativo da Casa de Cinema de Porto Alegre e ingressou em concursos e laboratórios de roteiro como Laboratório Novas Histórias SESC SP/SENAC (2016), Plataforma_Lab (2016) e Concurso de Roteiros do FRAPA (2017). Em 2021, participou da Residência BASE (SP) com um argumento autoral. Em 2022, foi convidado a participar do 10ª FRAPA apresentando o workshop "Cena Aberta", junto de outros roteiristas, além de ser co-autor do ebook "A Personagem além das Fórmulas".

 

Elaborou séries originais na Sentimental Filme (SP) junto de Jessica Gonzatto. Atualmente, desenvolve um longa-metragem autoral para a Globo Filmes (em pré-produção); um longa em conjunto com Jo Serfaty, vencedor do edital RIOFILME 2024; o longa autoral "O Voo do Flamingo", com direção de Beatriz Seigner, e outros projetos pessoais no Núcleo Writer's Room 51.

bottom of page