• Writer's Room 51

Billy Porter será Fada Madrinha em nova adaptação de "Cinderela"

Ator vencedor do Emmy fará parte de elenco que conta com a atriz e cantora pop Camila Cabello como Cinderela

Imagem: reprodução

Durante painel no New Yorker Festival, Billy Porter confirmou a notícia de que irá interpretar a Fada Madrinha no novo remake live-action de "Cinderela" produzido pela Sony. No filme, que tem previsão para 2021, a atriz e cantora pop Camila Cabello fará o papel da Cinderela.


Camila Cabello - Imagem: Shutterstock

Para re-imaginar esse universo mágico, a diretora e roteirista Kay Cannon, conhecida por escrever séries como New Girl e filmes como "A Escolha Perfeita" (Pitch Perfect, 2012), assume a autoria do filme. Além de Cabello e Porter, a atriz Idina Menzel também faz parte do time escalado para o elenco.


Além de dar vida a personagens como Maureen (Rent) para musicais da Broadway, Menzel também é a voz por trás da personagem Elsa, princesa do filme "Frozen: Uma Aventura Congelante" (Frozen, 2013).

Os próximos projetos de Billy Porter

Billy Porter na premiação do Emmy (2019) - Imagem: Shutterstock

Billy Porter recentemente fez história na edição de 2019 do Emmy. Além de receber um Tony pelo seu trabalho em Kinky Boots, Porter é o primeiro homem negro abertamente homossexual a ser indicado e também receber um Emmy. O ator venceu na categoria melhor ator em drama pelo seu papel na série Pose (FX).


A agenda de Billy Porter está bem cheia para os próximos meses. Segundo o próprio ator, além de "Cinderela", ele ainda vai dirigir um episódio de Pose, lançar um álbum de música e estaria também trabalhando em um filme ao lado de Salma Hayek e Tiffany Haddish.


Um recado importante para a indústria audiovisual

Billy Porter em Kinky Boots - Imagem: Shutterstock

Na sala de imprensa após cerimônia do Emmy (2019), Billy Porter compartilhou com os jornalistas um pouco das suas impressões sobre a representatividade na televisão.

"Eu sinto que representativida física é a única coisa capaz de criar mudança. É quando estamos disponíveis que nós temos o poder de criar empatia", comenta Porter.

A série Pose se tornou um verdadeiro exemplo de representatividade. Ela é, hoje, o conteúdo televisivo com mais atores transgênero e LGBTQ+ da história. Considerando isso, Billy Porter completa dizendo que espera que "jovens queer de todas as cores possam me ver e entender que eles também podem".


#Cinderela #cinema #remake #BillyPorter #representatividade #LGBTQ



189 visualizações

Writer's Room 51 é uma vitrine online de projetos audiovisuais autorais.

Newsroom 51 é um portal afiliado de artigos sobre cinema, TV e streaming.

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn